Esse tal de iê iê iê é uma droga

Elis Regina, Pimentinha, Elis-cóptero, Lilica ou A Maior Cantora da Terra, começou a cantar com 11 anos. Aos 16 gravou seu primeiro LP.



Você acha que os homens de hoje são muito machistas?

"Acho que o sistema em que a gente vive que é desumano, por que não é só a mulher que ganha pouco. A gente não tem que acabar com o homem, temos que acabar com esse sistema horroroso. Homem é uma delícia"


Elis sempre foi explosiva, inquieta; nunca estava satisfeita com o que havia conseguido. Sempre queria estar um passo acima de onde se encontrava.



"Se a perfeição é uma meta, eu tô a cata dela, não sei se vou chegar lá um dia. Mas quero morrer sendo eu"


Tendo passado seus anos de glória durante o período de ditadura, Elis dedicou-se a criticar o sistema em entrevistas e canções que ela interpretava junto com seus colegas da Bossa Nova. Disse uma vez que o brasil era governado por gorilas. A popularidade a manteve fora da prisão, mas foi obrigada pelas autoridades a cantar o Hino Nacional durante um espetáculo em um estádio, fato que despertou a ira da esquerda brasileira.

Em 1981, durante uma entrevista, Elis Regina começou uma discussão sobre política e sociedade no Brasil. A entrevistadora tentou cortar o assunto dizendo: "É muito bom a gente ter tempo pra conversar sobre os problemas do país, mas vamos responder as perguntas enviadas por telefone..." Elis, percebendo a censura alí, respondeu: "é melhor falar dessa sociedade hipócrita do que responder essas besteiras que eu vi aí anotadas nesse papel." Durante o mesmo programa, ela ainda foi solicitada para que mudasse a posição em que estava sentada por que era considerada "agressiva".

Uma de suas maiores interpretações é da música "O Bêbado e a Equilibrista", que vocês podem ouvir no nosso player logo abaixo.

Elis faleceu precocemente aos 36 anos devido a uma overdose de cocaína, álcool e tranquilizantes, varrendo o país inteiro em luto.



Elis, lembro bem quando tu saiu daqui (Rio Grande do Sul) e ia nos programas de televisão, soltava um grito: Mais do que nunca é preciso cantar. Hoje é 1981, há o preço da gasolina, há recessão econômica, há desemprego, há menos verbas na educação e eu te pergunto: o que é preciso cantar hoje?

"Pau no lombo de quem deixou tudo isso acontecer."

E de que forma, no seu trabalho, essa mensagem pode ser levada?

"Já está sendo levada há muito tempo. Eu não preciso justificar nada. Só faço meu trabalho. Eu dou o tiro, quem mata é Deus. Se você conhece meu trabalho, sabe do que eu tô falando"


1945-1982


fontes:
youtube.com
arquivo próprio
pt.wikipedia.org

Nenhum comentário: