Gripes de 1918 e 2009

Aproveitando o encalço da nova "Gripe A" que vem causando terror em muita gente desinformada por aí, vamos falar um pouco da Gripe Espanhola.

A Gripe de 1918, também chamada de Gripe Espanhola,a foi causada por um vírus ancestral da "Gripe A" que está circulando agora.




Calcula-se que a doença afetou 50% da população mundial, tendo matado 20 a 40 milhões de pessoas, sendo qualificada como o mais grave conflito epidêmico de todos os tempos. A falta de estatísticas confiáveis, principalmente no Oriente (como a China) pode ocultar um número ainda maior de vítimas.


O curioso é que a gripe não surgiu na Espanha, o primeiro caso foi registrado nos EUA, mas como a Espanha estava de fora da Primeira Guerra, tinha mais tempo para dedicar-se acompanhamento do surto e foi a primeira a noticiar a nova epidemia.


O Brasil foi atingido no mesmo ano, 1918, matando cerca de 300.000 pessoas por aqui, inclusive o presidente da república, Rodrigues Alves, em 1929.


A Gripe Espanhola, em sua onda mais agressiva, atingiu o pico de 8% de mortalidade.
A gripe atual possui uma taxa de 0,4%, sendo menos letal que a gripe sazonal, mas possui uma capacidade de transmissão incrivelmente mais alta, o que eleva as chances do vírus sofrer uma mutação e se tornar mais agressivo e mortífero; ou seja, o problema não é contrair a doença, é transmitir.

A epidemia se divide em ondas. Provavelmente em 4 meses teremos a segunda onda dessa nova gripe, que fará com que o vírus se torne mais agressivo, menos agressivo ou simplesmente desapareça do nada.

Até lá não adianta usar máscaras para se proteger. Segundo o Ministério da Saúde, a máscara só é indicada para quem possui algum sintoma da doença. Além do que atualmente contamos com um serviço de comunicação e saúde extraordinariamente superior ao daquela época.

O mais coerente é manter bons hábitos de higiene e evitar ao máximo locais fechados e de contato físico muito intenso.


Abaixo estão o site do Ministério da Saúde e o Disque Saúde. Informação é mais importante do que pânico.


http://twitter.com/minsaude
http://www.saude.gov.br
0800 611997



Fonte:
Wikipédia

Ministério da Saúde

Um comentário:

Arquimedes Dias disse...

Olá, muito bom o post ,achei que ele traçou um paralelo curioso entre a gripe atual e a Gripe Espanhola , li recentemente uma matéria na revista Leituras da História muito interessante, ela diz que os sobreviventes de 1918 continuam a produzir anticorpos, só lendo para saber mais detalhes. Abraço !