Complô Atômico

Com o fim da Segunda Guerra Mundial, EUA e URSS, outrora aliados, eram agora inimigos mortais, dando início a uma explosiva corrida armamentista.

Entre as décadas de 40 e 50, Julius e Ethel Rosenberg (simpatizantes do comunismo), que trabalhavam no projeto Manhattan, o programa americano de desenvolvimento de ogivas nucleares, foram recrutados pela KGB e repassaram dados que permitiram à Rússia realizar seu primeiro teste atômico dez anos antes do que os americanos previam, em 1949.

A tramóia só foi descoberta em 1950, quando o espião alemão Klaus Fuchs foi preso e delatou o casal Rosenberg.

O casal foi condenado à cadeira elétrica e executados a 19 de junho de 1953.

Adaptado de: Revista Mundo Estranho - ED.087 maio/09

Nenhum comentário: