Erupções solares e o fim do mundo

2012 tá chegando e eu preciso escrever algo antes que não haja mais tempo!

Existe um fenômeno astronômico chamado "Erupção Solar". O sol, na verdade, o tempo todo está explodindo. Não são bombinhas de São João, são fusões nucleares em série!

Há, acredita-se que de 140 em 140 anos, um pico nessa atividade. A última grande tempestade solar foi em 1859, quando as linhas telefônicas entre Europa e Estados Unidos ficaram mudas e alguns aparelhos incendiaram espontâneamente. Além disso, as auroras que comumente são vistas nos pólos, foram vistas de Roma ao Havaí. A partir daí, além do pânico geral, surgiu a curiosodade de estudar nosso astro-rei.

Mas e o fim do mundo?

Pois sim. Acredita-se que a próxima erupção solar acabará com o resto do equilíbrio que nosso planeta tem. Incêndios babilônicos espontâneos por todo o mundo, mares revoltos, oscilações absurdas de temperatura, terremotos devido ao superaquecimento do núcleo da Terra e furacões estão previstos para daqui há dois anos.


Dizem também que os satélites serão fatalmente danificados e não poderemos assistir TV nem usar o GPS. Mas cá entre nós: debaixo de um "canudão" de maremoto quem vai usar o celular?


"Filhos, comportem-se, Eu já apertei o Crtl, o Alt e estou só aguardando 2012..."


fontes:
movv.org
space.com

3 comentários:

Wagner disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wagner disse...

Blog esplendido *_*

Hesoyam disse...

Olha é muito interessante.. Esta de parabéns.. Ultimamente tenho acordado como se fosse acabar a qualquer momento..